Características de contratados para saas

asaasO Brasil é hoje um país em franco crescimento em todas as áreas, inclusive em tecnologia da informação. Há um visível boom de startups dispostas a resolver uma série de problemas do dia-a-dia. Infelizmente, a expansão de mão de obra qualificada não acompanha o rápido crescimento das empresas. Dessa forma, os bons funcionários são muito disputados.

Sabendo da escassez de profissionais, é fundamental que os empreendedores saibam quando estão diante de uma pessoa que fará diferença no seu time. Quando a questão envolve startups que entregam software como serviço, esse momento é ainda mais crucial. Isso se deve ao fato de que o mercado de saas funciona através de pequenas taxas de conversão, onde cada detalhe conta.

Pensando nisso, há algumas características importantes ao se contratar um novo funcionário. Características que vão além de um bom currículo e comprometimento, fatores básicos em qualquer profissional, para qualquer empresa.

Procure por alguém atento aos detalhes

Não começamos a lista de características buscando por um bom vendedor. Mesmo que o objetivo de qualquer empresa seja vender mais, muitas vezes os melhores resultados vem quando se toma essa premissa como uma consequência de outras ações. Dessa forma, procure por pessoas atentas aos menores detalhes da sua empresa.

Steve Jobs, quando voltou à Apple, dizia que o sucesso dos seus produtos se dava pelo cuidado com os detalhes. Em plataformas de SaaS não é diferente. Quando a posição de cada texto ou cor de cada botão importa para o aumento de suas conversões, é fundamental que você tenha pessoas atentas a esses pequenos itens.

Esse tipo de profissional se identifica desde a primeira entrevista. Da roupa que ele escolheu até o espaçamento entre as frases do currículo. Há uma visível harmonia em tudo. Ele se preocupa com todos os itens e certamente não deixará algo passar apenas para acelerar a entrega do trabalho e se ver livre.

Contrate alguém disposto a resolver problemas

O objetivo de uma startup, seja trabalhando com software as a service ou não, é resolver problemas. Logo, nada mais natural que você busque por essa característica nos seus futuros funcionários. Por mais que pareça um lugar comum em entrevistas de emprego, é difícil de ser encontrada. Mesmo porque a única fonte de informação é o entrevistado.

Em startups de SaaS, esse fator é ainda mais determinante porque resolver problemas faz parte do dia-a-dia da empresa e dos seus clientes. Dessa forma, se você contratar alguém que não está disposto a isso, poderá ter problemas no decorrer do tempo.

A forma mais indicada para encontrar esse profissional é questionar nas entrevistas quais os tipos de problemas encontrados no emprego anterior. Mais do que isso, buscar saber como eles foram resolvidos e qual o aprendizado absorvido.

Uma mentalidade de vendas

Por mais que não tenhamos colocado essa característica no topo da lista, certamente ela é  fundamental na escolha do seu próximo funcionário, afinal, este é o objetivo da sua empresa de SaaS.

Mas contratar alguém com a “mentalidade de venda” não quer dizer, obrigatoriamente, contratar um vendedor. Isso porque um vendedor, muitas vezes, estará limitado a um roteiro que você fornecerá a ele. Já um profissional com “mentalidade de venda” saberá se antever à necessidade do cliente, oferecendo a melhor solução.

E oferecer a melhor solução às vezes é disponibilizar solução alguma. Se o seu cliente tem um problema cuja sua empresa não pode resolver, não há melhor maneira de ganhar sua confiança do que indicando uma outra empresa. Esse tipo de política, ainda incomum no Brasil, é um dos principais diferenciais da 37Signals, criadora do Basecamp, SaaS de colaboração entre funcionários. É comum você ser encaminhado para um concorrente da startup caso ela não resolva seu problema.

Essa premissa é um fator decisivo no momento de fidelizar um futuro cliente. E precisa ser natural para os seus funcionários aceitarem isso. Dessa forma, você não precisa contratar o melhor vendedor, mas alguém que entenda que vender é muito mais do que assinar contratos e descontar cheques.

Ainda que você siga nossas dicas e encontre alguém que se encaixe em todas elas, lembre-se de prestar atenção ao seu “feeling”, ou seja, no sentimento que o futuro contratado desperta em você. Muitas pessoas não têm o melhor currículo ou as melhores características, mas ainda assim podem somar muito para a sua empresa.

E você, quais características procura nos seus empregados? Aproveite os comentários para compartilhar sua visão conosco!

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.