Anúncio on-line para quem tem uma pequena empresa: vale a pena?

Your AD Here Concept

A internet oferece para todo mundo, até mesmo para as pequenas empresas, a possibilidade de anunciar para públicos muito selecionados sem pagar muito por isso. Mas será que esse investimento, mesmo sendo baixo, gera o retorno esperado? Anúncios on-line valem a pena para quem tem uma pequena empresa? Pois é o que vamos saber agora, então não deixe de conferir:

Considerando as possibilidades

São poucas as razões que justificariam o não investimento em anúncios on-line. Você pode, por exemplo, não precisar alavancar suas vendas on-line nem atrair mais público para o seu site. Ou, às vezes, você sequer tem concorrentes. Ou quem sabe seu modelo de negócios depende de total e absoluta discrição, não é mesmo? Ou pode ser também o caso de você decidir que esse simplesmente não o momento. Convenhamos, no entanto, que todas essas possibilidades são bem pouco prováveis, não concorda? Então atenção: se você não está pronto para atrair novos clientes e se seu site não estiver pronto para recebê-los, é melhor reconsiderar toda a estratégia on-line antes de embarcar nos anúncios.

Pagando conforme o resultado

Uma das melhores formas de as pequenas empresas anunciarem on-line é por meio do marketing com custo por clique do Google. Funciona assim: a empresa monta pequenos anúncios — da mesma forma que faria com os classificados de jornal, por exemplo — e os liga a determinadas palavras-chave. Assim, apenas quem digitou aquelas palavras irá ver o anúncio. Até essa etapa, a empresa ainda não pagou um centavo sequer, já que ela só paga quando alguém efetivamente clicar no anúncio — o que levará o interessado à página da empresa. Esse tipo de campanha pode atrair muitos novos clientes, de diferentes lugares, que estão interessados naqueles termos.

Vale ressaltar que o investimento em campanhas de custo por clique podem ter orçamento fechado, como se fosse uma conta pré-paga. Se a empresa investe, por exemplo, 100 reais, o tempo vai passando, as pessoas vão clicando e o orçamento se esvai, não tendo como estourar. Ao final de uma degustação dessas, a empresa pode decidir se vale mesmo a pena voltar a investir, se muda as palavras-chave ou se repensa sua estratégia.

Funcionando no Facebook

O mesmo esquema de orçamento por clique pode ser usado, também, no Facebook — embora existam outras formas de se comprar os anúncios. O que o Facebook tem de muito poderoso — e o que é uma grande vantagem sobre o Google — é sua capacidade de definir, com elevada precisão, o público que vai ter acesso ao anúncio. Por exemplo: “homens casados, entre 30 e 40 anos, que curtem a página do Botafogo e moram no Rio de Janeiro, capital” ou “mulheres solteiras, de 18 a 25 anos, que curtem as páginas X, Y e Z e estão na faculdade”. Difícil conseguir ser muito mais específico, não é mesmo?

Medindo com régua

Para muitos pequenos empresários, especialmente os mais tradicionais, publicidade acaba sendo fonte de uma certa desconfiança, afinal, seu negócio existe há anos e nunca investiu em propaganda, então por que fazê-lo agora, ainda mas on-line? Acontece que anunciar na internet é bem diferente de se anunciar na TV, no rádio ou em revistas. Tudo na internet é medido e registrado com muita precisão, gerando até relatórios automáticos. Dá para saber quantas pessoas clicaram, em quais anúncios, em que horário, de onde vieram, como chegaram ao site, se vieram do Google ou do Facebook, e assim por diante. Ou seja: você mede e confere cada resultado, por menor que seja.

Melhorando com os testes A/B

Outra grande vantagem dos anúncios on-line é a possibilidade de melhorá-los constantemente, por meio dos chamados testes A/B. Com eles, a pequena empresa divulga dois ou mais anúncios ao mesmo tempo, com pequenas diferenças entre si — com uma mudança na foto ou uma pequena alteração no texto, por exemplo. Mede-se, depois de um tempo, os resultados, analisando qual das versões rendeu mais cliques. Com essa avaliação, pode-se resolver por abandonar os anúncios mais fracos e ficar apenas com os que dão mais certo!

Pesquisando para o sucesso

Fazer boas campanhas de anúncios on-line exige pesquisa: investigar o público, suas preferências de compra, quais páginas curtem e quais palavras-chave digitam, por exemplo. Não vale chegar na base do imprevisto, é preciso planejamento! Com um bom plano de marketing e um acompanhamento mais próximo, mesmo pequenas empresas podem ter grandes resultados.

E você, já está pronto para começar a planejar sua campanha on-line? Ficou ainda alguma dúvida? Comente aqui e compartilhe seus questionamentos e suas impressões conosco!

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.