5 dicas matadoras para fazer excelentes parcerias comerciais

parcerias comerciais

Já dizia o ditado que uma andorinha só não faz verão. A mesma máxima vale também para as empresas: em determinados momentos, seja para expansão ou mesmo para sobrevivência no mercado, o estabelecimento de parcerias comerciais é a melhor maneira para o sucesso no mundo dos negócios.

Estamos acostumados a ver grandes empresas promovendo parcerias de todos os tipos, mas essa prática pode ser benéfica também para pequenas empresas. Quer saber como fechar excelentes parcerias? Siga as nossas dicas!

Pense em parcerias que sejam vantajosas para os dois lados

Uma parceria é o contrário de uma competição, onde um ganha e outro perde. Um negócio como esse precisa ser vantajoso para os dois lados, ou não vale a pena.

Imagine que você vende biscoitos e doces caseiros em pequena escala, em loja própria, atendendo apenas ao seu bairro. Seu negócio começa a crescer e você percebe um aumento da demanda pelo seu produto, mas abrir outras lojas custa caro e está fora de cogitação. Como fazer, então, para expandir o negócio? Uma opção é estabelecer parcerias com padarias, mercearias e outros estabelecimentos de bairros vizinhos, de forma que o seu produto possa ser vendido em outras prateleiras. É bom para você, que expande a clientela, e bom para o outro estabelecimento, que aumenta a cartela de produtos e fornecedores.

Lembre-se de que ganhos não se resumem apenas em mais dinheiro

Nem sempre o ganho com a parceria se reverte em dinheiro no caixa de forma imediata. Pode ser que a sua empresa receba o benefício em treinamento, expertise, marketing ou outro ganho mais complicado de mensurar.

Por isso, não descarte parcerias sem pesar os ganhos intangíveis. Muitas vezes são estes que vão te levar mais à frente no negócio em tempos de dificuldade.

Seja honesto

Uma parceria não é uma competição, lembra-se? Então você precisa compartilhar informações, dados e indicadores com seu parceiro, e ser honesto e transparente quanto às operações que vocês façam em conjunto, sob pena de a parceria não dar certo.

Estabeleça parcerias dentro de seu próprio ramo

Se você tem uma agência de publicidade, estabelecer uma parceria com uma produtora de áudio e vídeo parece natural, correto? Não podemos dizer o mesmo de uma parceria com o nosso exemplo lá de cima (o da pessoa que produz biscoitos)… O exemplo estapafúrdio é só para lembrar que o melhor é estabelecer parcerias dentro de sua área de atuação, onde os ganhos são claros para todo mundo.

Mas isso não significa que você não possa ser criativo na hora de escolher seus parceiros. Pesquise o seu mercado e vá em busca de empresas que complementem o seu produto ou serviço e que estejam próximas do seu consumidor.

Procure parceiros que compartilhem de seus valores

Pode parecer romântico demais, mas é importante procurar parceiros que compartilhem dos mesmos valores que a sua empresa valoriza. Empresas familiares, com administração mais tradicional e hierarquia rígida podem entrar em conflito com empresas mais jovens, onde a hierarquia é mais flexível e os horários de trabalho menos ortodoxos. Observe a cultura da sua empresa e seja razoável: seus colaboradores irão se adaptar ao trabalho em parceria com uma empresa tão diferente da sua?

Parcerias podem ser extremamente benéficas se suprirem as demandas e expectativas, tanto as suas quanto as de seu parceiro.

E então, o que achou de nossas dicas? Pronto para buscar parceiros e expandir o seu negócio? Deixe aqui o seu comentário!

banner-rodape-post-blog

 

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.