4 dicas para lidar com clientes inadimplentes

02F70696

A inadimplência é um problema que afeta empresas de todos os tamanhos. Por isso, empreendedores sempre procuraram desenvolver mecanismos que os protegessem dos calotes, meios que os permitissem manter o caixa saudável e ao mesmo tempo oferecer preços competitivos.

Muitas dessas estratégias se mostraram acertadas, enquanto outras não tiveram resultados. Ainda que encontrar a melhor forma para lidar com clientes inadimplentes dependa do modelo de negócios de cada empresa, abaixo iremos nos aprofundar em 5 meios que, de uma forma geral, reduzem o impacto da inadimplência. Acompanhe:

Use um sistema de notificações automáticas

Boa parte da inadimplência é causada não por calote dos clientes, mas por simples esquecimento. O acúmulo de contas, datas de vencimento, valores e tantos outros fatores do dia a dia fazem com que muitas pessoas esqueçam de pagar suas contas.

Oferecer um sistema de notificações automáticas para os seus clientes de modo que eles sejam lembrados, via e-mail ou SMS, por exemplo, de que uma conta está vencendo pode reduzir suas taxas de inadimplência e ainda criar um cenário mais real sobre o comportamento dos seus consumidores. O custo desse tipo de aviso é pequeno demais comparado com o retorno de ter mais contas pagas em dia.

Analise o crédito do cliente antes de vender

A análise de crédito é o meio mais tradicional que as empresas possuem para combater clientes inadimplentes. Verificar o histórico de crédito e se há pendências é uma forma rápida e segura de vender sem exigir informações pessoais de cada cliente. A consulta é feita via CPF direto na base do SPC ou Serasa.

Porém, a análise de crédito tem um custo, geralmente baixo e pode mascarar bons clientes. É provável que alguns dos seus clientes estejam em dia com a sua empresa e devendo para outras por motivos diversos. Analisar o comportamento deles é um passo importante antes de vender.

Faça um contrato e entregue nota fiscal

Empresas que oferecem produtos ou serviços mais complexos, de maior valor, precisam de mecanismos mais eficientes para evitar a inadimplência. Ter um contrato de prestação de serviço assinado, que deixe claro quais as punições caso o serviço não seja pago é o primeiro passo, além de entregar nota fiscal de tudo que for feito.

Com esses documentos é possível cobrar a dívida na justiça. Nestes casos, com tudo assinado, o juíz costuma utilizar bens do devedor para ressarcir a empresa.

Não venda quando estiver inseguro

Se ao final de tudo você estiver na dúvida sobre a adimplência do seu consumidor, não venda. Perder a venda ainda é melhor do que ter prejuízo com um produto ou serviço entregue e não pago. E a razão disso é simples: dificilmente um cliente inadimplente será, em médio prazo, um bom cliente. Ao não vender para ele você evita os custos com funcionários, impostos e produção, podendo reservá-lo para um outro cliente.

A busca por mecanismos de proteção contra a inadimplência é uma tarefa complexa, mas cabe ao empreendedor saber lidar com isso, criando meios de combatê-la.

Como você evita a inadimplência dos clientes? E quando ela acontece, como lidar? Comente!

banner_rodape

Gerar boleto

Esteja sempre bem informado sem pagar nada!

Cadastre-se e receba um e-mail semanal com as últimas novidades do blog.